Exames e Metodologias
28 de Novembro de 2016

Teste do Pezinho

Uma forma simples de cuidado e carinho

O teste do pezinho, que muita gente já ouviu falar, é conhecido também como triagem neonatal e é um direito de todas as crianças. Este exame obrigatório  é simples e garante o diagnóstico precoce para muitas doenças.

Conheça um pouco mais sobre este importante teste:

1. Coleta: algumas gotinhas de sangue são retiradas do calcanhar do bebê e coletadas em um papel-filtro. Pode também ser feito por meio de coleta venosa quando a criança for realizar outros exames;

2. Quando fazer: o teste do pezinho deve ser realizado o mais breve possível, a partir de 48 horas de vida, idealmente antes do 5º dia, mesmo em crianças hospitalizadas, prematuras ou que tenham recebido transfusões sanguíneas;

3. Sobre os testes de triagem: é importante lembrar que os exames de triagem têm alta sensibilidade, e um resultado alterado não significa um diagnóstico de doença. Algumas vezes é preciso repetir o teste e/ou complementá-lo com outros exames.

No Sabin, é possível detectar mais de 50 enfermidades, entre elas: fenilcetonúria, hipotireoidismo, doença falciforme, fibrose cística, surdez congênita e HIV.

Na triagem neonatal, quando o laboratório e o pediatra trabalham em conjunto e conhecem as sensibilidades e especificidades dos testes realizados, pode-se alcançar o melhor resultado desta ferramenta preciosa.

Desculpe, a área que você está acessando só está disponível em português.

Baixe nosso Aplicativo

Você está em:

Enviar instruções
por e-mail:

Enviar resultados
por e-mail: