Notícias Científicas
18 de agosto de 2017

Teor de Hemoglobina dos Reticulócitos (RET-He)

Uma ferramenta de avaliação precoce da depleção funcional de ferro

A medição do teor de hemoglobina dos reticulócitos (RET-He) é uma avaliação em tempo real que informa se a disponibilidade vigente do ferro é ou não suficiente para a eritropoese.

O Ret-He é um forte preditor precoce de deficiência de ferro e de resposta à reposição. Dois dias após a medula óssea tornar-se deficiente de ferro, os reticulócitos com reduzido conteúdo de hemoglobina são detectados na circulação periférica e, já alguns dias após a reposição, havendo resposta positiva à terapia, há um aumento do RET-He. Em contra ponto aos marcadores bioquímicos tradicionais, eles não sofrem interferência de processos inflamatórios.

O RET-He é recomendado pelo European Best Practice Guidelines (EBPG) e National Kidney Foundation Kidney Disease Outcome Quality Initiative (NKF KDOQI) para monitorar o estado do ferro de pacientes com doença renal crônica em hemodiálise e para controle e adequação do tratamento de reposição com o ferro e com Eritropoetina recombinante.

O RET-He é usado frequentemente em conjunto com a ferritina - um valor baixo de ferritina acompanhado por um valor baixo de RET-He é sugestivo de uma carência clássica de ferro e um valor elevado ou normal de ferritina acompanhado por um valor baixo de RET-He é sugestivo de uma carência funcional de ferro.

A medição do teor de hemoglobina dos reticulócitos é um exame automatizado, rápido e bem padronizado. Atualmente, no Laboratório Sabin, três parâmetros são sempre relatados para todas as solicitações de reticulócitos: a contagem de reticulócitos, que indica a quantidade de reticulócitos circulantes; a fração de reticulócitos imaturos, que indica a taxa de produção de reticulócitos e o RET-He, que indica a hemoglobinização destes e reflete a qualidade dos reticulócitos recém-produzidos.

Referências:

Thomas DW et al. Guideline for the laboratory diagnosis of functional iron deficiency. British Journal of Haematology, 2013; 161:639–648.

Brugnara C et al. Reticulocyte hemoglobin equivalent (Ret He)and assessment of iron-deficient states. Clin. Lab. Haem., 2006; 28:303–308.

Foto

Dr. Felipe Magalhães Furtado

Médico Hematologista e assessor médico do Laboratório Sabin Residência em Hematologia e Hemoterapia no HCFMRP-USP Doutorado pela FMRP-USP

Desculpe, a área que você está acessando só está disponível em português.

Baixe nosso Aplicativo

Você está em:

Enviar instruções
por e-mail:

Enviar resultados
por e-mail: